A evolução das tecnologias na era digital é tão veloz que o maior desafio é atualizar negócios e estratégias na mesma velocidade. Todos os setores foram contaminados pela disrupção e, portanto, nada será como antes.

No caso do varejo, até pouco tempo, não imaginávamos aplicações tão futuristas com cloud, integração de espaços físicos e virtuais, gôndolas virtuais, sensores em lojas que possibilitam ações ilimitadas, assistentes virtuais cada vez mais inteligentes, tudo isso para atender ao consumidor multicanal e digital.

O que sustenta esse novo desenho são estrelas disruptivas como Internet das coisas (IoT, na sigla em inglês), inteligência artificial (IA), cloud, Beacon, realidade aumentada, chatbots, plataformas de computação cognitiva e Analytics. É interessante você saber mais sobre essas recentes aplicações no e-Book Varejo digital, a revolução do desejo, aqui mesmo no blog Tudo de TI.

Cliente, mais uma estrela

Nesse cenário, o cliente está, ou deveria estar, no centro da estratégia do varejo digital. Ele é quem dita as regras. Portanto, sai à frente quem mergulhar no estudo sobre o seu comportamento e se antecipar às suas expectativas.

De acordo com uma pesquisa da Salesforce, a The AI Revolution: Insights into the next era of customer relationship – A revolução da IA: insights para a nova era do cliente (em sua livre tradução), 80% das empresas participantes acreditam que IA tem impacto positivo na produtividade dos seus times de vendas e 74% perceberam aumento na velocidade das vendas.



Além disso, o estudo revela que os próprios clientes estão mais flexíveis. Perto de 60% deles estão dispostos a compartilhar dados pessoais em troca de uma loja personalizada ou online e experiência de compra completa, onde quer que ela aconteça. Esperam, com isso, que as empresas aproveitem seus dados de maneira inteligente.

Outro levantamento, o The Importance of Innovation in the Mobile Customer Journey – A Importância da Inovação Móvel na Jornada do Consumidor, em livre tradução –, realizado pela Ingenico ePayments, empresa de serviços de processamento de pagamento, revela que os varejistas (54%) estão planejando investimentos em gamificação e outra parte aposta também em chatbots para tornar a interação com os clientes mais efetiva. Todos buscando na tecnologia maior interação com o consumidor.

Até 2020, segundo o estudo da Salesforce, 51% dos consumidores e 75% dos compradores empresariais esperam que as empresas antecipem suas necessidades e façam sugestões relevantes. Isso significa que as empresas precisam oferecer uma experiência completa e personalizada durante todo o processo de compra aos seus clientes.

Quer saber mais sobre o varejo da nova era? Acesse Varejo digital, a revolução do desejo.




Entre em Contato

Quer saber mais sobre a Resource?
Entre em contato agora mesmo.

Fale com a gente

Trabalhe Conosco

Quem transforma empresas de sucesso, pode transformar a sua carreira também.

Cadastre seu currículo

A Resource

Somos uma tech partner focada em entrega de transformação digital.

Conheça a empresa